30 junho, 2014

Declaração para o Homem da minha Vida



    Faz um ano e um mês que, em 02 de Junho de 2013, na Igreja do Senhor do Bonfim, na presença das nossas duas famílias, recebi rosas vermelhas e uma aliança linda junto com as seguintes palavras: "Meu amor por você é como os elétrons destas alianças: loucos e infinitos. Amo você e sua família. Casa comigo?". 
    Por todos os dias da minha vida eu te digo SIM, amor! Eu quero viajar com você, amor, por todos os mundos e em todas as dimensões existentes. Nosso amor é infinito! Você é o homem da minha vida! É o meu grande amor! Você é o marco fundamental em minha existência! Eu te admiro muito! Você é o mágico da minha vida! 
    Você tem um coração bondoso, puro e generoso. Um coração lindo! E eu tenho a honra e a infinita gratidão por poder estar junto contigo, por caminhar ao seu lado todos os dias da minha vida, para sempre! Que a cada dia possamos fortalecer a nossa união com muito respeito, admiração mútua, muito diálogo, além do profundo e cotidianamente cultivado amor. Somos pilares de sustentação de uma linda família, fruto do nosso elo, que nós, com a bênção dos seres de luz, haveremos de construir. Que Deus, os espíritos de luz e os anjos da guarda te iluminem e te protejam sempre! A cada dia te admiro mais, a cada momento compartilhado aprendo e cresço. Meu amor por você é vibrante, intenso e transformador! 
    Nós dois estamos crescendo profissionalmente juntos! Conquistando espaços importantes em nossa trajetória a caminho das realizações das nossas missões. Estamos amadurecendo juntos! Crescendo emocionalmente e espiritualmente! E já estamos juntos aprendendo, com a convivência cotidiana, a planejar nossa vida a dois! Venceremos juntos as turbulências do caminho. Vamos sonhar juntos! E realizar cada sonho nosso! Lado a lado, vamos expandir nosso mundo, nossas potencialidades! Partilhando cada nova conquista! 
..."tem certas coisas que eu não sei dizer... eu te amo calado, como quem ouve uma sinfonia..."

Não existiria som
Se não houvesse o silêncio
Não haveria luz
Se não fosse a escuridão
A vida é mesmo assim
Dia e noite, não e sim
Cada voz que canta o amor não diz
Tudo o que quer dizer
Tudo o que cala fala
Mais alto ao coração
Silenciosamente eu te falo com paixão
Eu te amo calado
Como quem ouve uma sinfonia
De silêncios e de luz
Nós somos medo e desejo
Somos feitos de silêncio e som
Tem certas coisas que eu não sei dizer
CERTAS COISAS (Lulu Santos e Nelson Motta)